O carro mais caro do planeta

Conheça a Ferrari 250 GTO

Você sabe qual o automóvel mais valioso do mundo? Não se surpreenda com o valor pago. Em junho de 2018, um Ferrari 250 GTO de 1963 bateu todos os recordes de valores ao ser vendido por 70 milhões de dólares (aproximadamente R$ 260 milhões na cotação atual).

O modelo vendido por essa exorbitante quantia foi o vencedor do Tour de France de carros em 1964. No mesmo ano, foi o quinto colocado geral e vencedor de sua classe em Le Mans. Ambas as vezes, o Ferrari 250 GTO foi pilotado pelo belga Lucien Bianchi, da Equipe Nationale Belge. O 250 GTO tem um motor V12 3.0 com 300 cv a 7400 rpm. O automóvel alcança a velocidade máxima de 280 km/h. Além disso, o carro conta com uma transmissão manual de cinco marchas e com a capacidade de levar dois ocupantes.

Quem gastou todo esse dinheiro para ter o carro italiano foi David MacNeil, dono da WeatherTech, uma empresa fabricante de tapetes que conseguem reter quase tudo e impedir que sujem o carpete do seu carro. O milionário comprou o modelo histórico do piloto alemão Christian Glasel.

Apesar do preço elevado, o especialista em carros Ferrari colecionáveis Marcel Massini espera que, nos próximos anos, o preço de um 250 GTO ultrapasse os 100 milhões de dólares. Apenas 36 unidades deste veículo foram fabricadas pela marca italiana.

Em agosto de 2018, um outro Ferrari 250 GTO bateu os recordes de preço em leilão. A máquina italiana foi vendida na Califórnia, nos Estados Unidos, por 48,4 milhões de dólares (aproximadamente R$ 180 milhões na cotação atual). Recentemente, um tribunal da cidade de Bolonha, na Itália, estabeleceu que a Ferrari 250 GTO é um carro protegido por direitos autorais, o que tornou este veículo oficialmente uma obra de arte.


Leia Mais
Marcas de carros que deixaram o Brasil